×

O que você procura?

O MetrôRio conta com um mundo de serviços e facilidades

ou
Filtre por uma ou mais facilidades nas Estações
  • Bicicletário
  • Acessibilidade
  • Linha do Cliente
  • Máquinas de ATM

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Cidadania

Mãos que fazem ressurgir vidas

O projeto é realizado na Associação Ressurgir, próximo a Estação Estácio, e beneficia diretamente 27 comunidades que se localizam no entorno do bairro do Rio Comprido. A proposta é formar jovens e adultos por meio de aulas de corte, costura, artesanato, crochê, pintura em tecido, bordado, além de trabalho com materiais recicláveis. O objetivo é que os moradores dessas comunidades possam encontrar uma nova fonte de geração de renda a partir desses cursos.



Inscrever os Direitos Humanos em 1 e 1000 escolas do Rio de Janeiro

O projeto capacitará professores em temas ligados aos Direitos Humanos. Serão selecionadas duas escolas do bairro de Coelho Neto, nas quais os professores receberão o conteúdo de forma palpável e bastante didática, para que possam multiplicá-lo em sala de aula.
A ideia é fornecer aos alunos o acesso à Declaração Universal dos Direitos Humanos de maneira didática, lúdica, dinâmica e criativa, desenvolvendo a consciência cidadã e promovendo o senso de responsabilidade individual. Os alunos participantes terão a oportunidade de expressar o conteúdo aprendido através de pinturas em azulejos, que serão expostas no muro da escola ao final do projeto.



5 anos da ONG Entre Amigas

Localizada no prédio anexo do MetrôRio, há cinco anos a ONG Entre Amigas vem oferecendo diversos cursos com intuito de capacitar mulheres para o mercado de trabalho. O projeto oferece cursos de: manicure, cabelereira e patchwork. Junto com a Masan desenvolvemos também turmas de auxiliares de cozinha, copeiras e lactaristas (mais de mil pessoas atendidas).
No dia 14/05 foi realizado um almoço no Gávea Golf Clube, em comemoração aos cinco anos da ONG. O evento contou com a participação de: Ângela Mizarela (RIOinclui), Flávia Ballvé (MetrôRio), Daniela Pedras (RIOSOLIDÁRIO), Cláudia Jeunon (Instituto Invepar), Adriana Pinto (Masan), Yvonne Menezes (Coordenadora do núcleo de Psicologia da ONG), Maria Lúcia Jardim (Primeira dama do estado do RJ) e Márcia Peltier.



Projeto Irrigar Saberes capacitando as comunidades

A fim de levar conhecimento a moradores e lideranças comunitárias de 15 bairros da região norte do Rio de Janeiro, o Centro de Assessoria do Movimento Popular, com o patrocínio do MetrôRio, realizou oito oficinas de Gestão Social, com ênfase em empreendedorismo social. O projeto explorou assuntos como Direitos de Cidadania, Formação de Rede e Parcerias, Captação de Recursos, entre outros. As oficinas já foram finalizadas e se tornaram um sucesso. O Irrigar Saberes ainda contará com um seminário de encerramento em abril.






Uma força para o coelhinho da Páscoa

O Programa Estação Alegria promove atividades educativas para crianças de 6 a 12 anos, vindas de escolas municipais. Em sua última edição, promovemos uma deliciosa oficina, na qual 15 meninos e meninas aprenderam a fazer ovos de chocolate com as próprias mãos. Tudo sob o olhar de um chef de cozinha profissional. Depois, eles levaram os ovinhos para saborear em casa. Esta oficina foi desenvolvida em parceria com a Masan.



Dia da Cidadania

O MetrôRio participa de eventos que tem como objetivo a prestação de serviços para comunidades vizinhas.

Em 2011, levamos o Posto Itinerante para cadastramento do Cartão de Gratuidade em quatro feiras de Cidadania, em parceria com várias empresas. E foram beneficiadas mais de 60 pessoas, com informações e retirada de cartões.



MetrôRio promove a cidadania para crianças da comunidade

No dia 22 de outubro de 2011, o MetrôRio participou da 7ª edição da Ação Cruzada, promovida pela ONG Cruzada do Menor e pelo Shopping Nova América, onde foi realizado o evento. A iniciativa foi feita em parceria com diversas empresas e instituições, a fim de promover a cidadania oferecendo serviços gratuitos. Entre 10h e 11h, o Super Metrô deu uma palestra sobre cidadania para cerca de 40 crianças das creches apoiadas pela Cruzada, além de realizar atividades lúdicas e distribuir brindes.



V Fórum de Responsabilidade Social

No dia 20 de outubro de 2011, foi realizado o V Fórum de Responsabilidade Social e Desenvolvimento Local, no Hotel São Francisco, com o tema central, Gestão Social Compartilhada, cujo objetivo principal foi promover uma discussão sobre o modelo de gestão compartilhada como estratégia de desenvolvimento. Nessa perspectiva, o evento teve o papel de reorientar os participantes, na sua ação para a defesa do interesse público, indicando a construção de uma política social universal e participativa.

O Fórum de Responsabilidade Social acontece todos os anos, através de uma iniciativa das empresas patrocinadoras, MetrôRio, LAMSA / Instituto INVEPAR; Unisuam; Castrol; LBV / Radio Brasil e, tem como foco estimular ações e resultados sustentáveis dos projetos socioambientais desenvolvidos, articulando uma rede de todos os atores sociais envolvidos.

Cerca de 80 pessoas estiveram presentes, dentre as quais representantes de empresas, acadêmicos e atores sociais do 2º e 3° setor, que participaram dos diversos painéis apresentados, entre eles o “Programa de Erradicação da Miséria”, com a palestrante Patrícia Audi – representando a Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos.



ONG Entre Amigas no MetrôRio

As atividades da ONG Entre Amigas, criada e presidida pela jornalista Márcia Peltier, começaram no dia 9 de março, no térreo do prédio anexo ao Centro Administrativo. Para abrigar a instituição, que faz parte da obra social RIOSOLIDÁRIO, cedemos o espaço e reformamos o local; doamos mesas, cadeiras, persianas e assumimos a responsabilidade pela manutenção e limpeza. A fim de favorecer nosso público interno e seus familiares, apoiamos esse projeto que promove a qualidade de vida e o bem-estar de mulheres dos 18 aos 65 anos.

Entre Amigas é uma ONG exclusivamente voltada para mulheres, que oferece gratuitamente atendimento psicológico, jurídico, e cursos para a capacitação profissional das colaboradoras ou dependentes de colaboradores do MetrôRio.

E agora o mais novo projeto da Escola de Gastronomia.

Para saber mais sobre a iniciativa, ligue para 3987-6104.



Doe Seu Troco

O Projeto “Doe Seu Troco” consiste na arrecadação de dinheiro obtida com a doação realizada pelo cliente nos cofrinhos das bilheterias.

Desde 2004, o projeto visa informar a sociedade sobre as ações desenvolvidas por instituições sociais e a transformação social através da solidariedade. A renda arrecadada é dividida à duas instituições de grande reconhecimento pelos trabalhos realizados em prol de pessoas e trabalhos sociais.

O MetrôRio já colaborou com instituições de forte atuação social, como: Cruzada do Menor, Ressurgir, Rede Museu de Favelas, As Charmosas, entre outras.



Mãos que Customizam

O MetrôRio patrocina o Projeto Mãos que Customizam, da ONG As Charmosas, que beneficia mulheres da Terceira Idade da comunidade de Engenho da Rainha. São desenvolvidas oficinas de artesanato e moda através da customização a partir da reutilização de materiais que são descartados, com base nos conceitos e princípios da sustentabilidade, do eco design e da reciclagem. O projeto visa a capacitação profissional e geração de renda.

A ONG As Charmosas foi destaque na última edição do evento Fashion Business por promover a moda e o artesanato sustentáveis. Todos os produtos são uma releitura de peças descartadas e contam em suas estampas e bordados um pouco da história e cultura da comunidade. As produções são expostas para venda no quiosque solidário do MetrôRio, duas vezes por ano.

O projeto já beneficiou mais de 60 mulheres.



Quiosque Solidário do MetrôRio

Inaugurado em novembro de 2010, o Projeto Quiosque Solidário visa contribuir para a geração de renda das instituições sociais e grupos produtivos comunitários do entorno das nossas estações, através da venda dos produtos confeccionados pelos artesões das próprias instituições.

Atualmente o projeto conta com dois Quiosques, um localizado na Estação Ipanema/ General Osório e outro na Estação Largo do Machado. Cada grupo pode divulgar seu trabalho pelo período de 15 a 60 dias. Não é cobrada nenhuma taxa e a renda obtida é inteiramente do grupo.

Diversas ONGs já passaram pelo Quiosque Solidário: Rede Museu de Favela do Pavão-Pavãozinho (Rede MUF); As Charmosas, Associação Ressurgir, Tem Quem Queira, Grupo Fibra, Laços Rosa, Mulheres Eco-artesãs, Mães da Maré, Grupo Guajajara, entre outras.

As instituições sociais e grupos produtivos comunitários que desejem participar do projeto devem entrar em contato com o MetrôRio através do e-mail comunicacaointerna@metrorio.com.br.



Um projeto que dá água na boca

O MetrôRio patrocina o Projeto Gastronomia Solidária, da Associação Ressurgir, que beneficia famílias de comunidades ao redor da sede da Associação, no Rio Comprido. São realizadas oficinas de produção caseira de alimentos com foco na geração de trabalho e renda, visando a capacitação profissional e inclusão social dos participantes.

As oficinas já beneficiaram mais de 70 alunos diretamente, e outras 560 pessoas participaram de palestras com recursos audiovisuais. Além destas ações, há recreação para os filhos dos participantes e atendimento estendido às famílias com crianças e adolescentes, através de atividades no contraturno escolar.

O lanche oferecido em outros projetos sociais do MetrôRio, são comprados na ONG Ressurgir e fornecidos pelas alunas do Projeto de Gastronomia Solidária.

Para saber mais sobre a iniciativa acesse www.ressurgir.org.br.



Rede de Mobilização Comunitária

Em maio de 2011, foi realizado o primeiro encontro da Rede de Mobilização Comunitária do MetrôRio.

Os encontros ocorrem mensalmente, com objetivo de integrar líderes de comunidades próximas às estações e instituições sociais, a fim de buscar soluções que contribuam para o desenvolvimento local.

No V Encontro da Rede, foi promovida a I Mostra Comunitária. Na ocasião, várias ONGs e comunidades próximas às Estações puderam expor seus trabalhos e conquistas, partilhando conhecimentos e experiências entre si. Além da troca de informações, foram idealizados vários projetos para melhorar as comunidades.

Foram realizados 8 encontros em 2011, com presença de 98 participantes únicos representando 33 comunidades e 46 instituições.



Uma iniciativa para o bem de toda a cidade

Para fortalecer nosso compromisso com a qualidade de vida dos cariocas, o MetrôRio patrocina o Rio Como Vamos. Trata-se de uma iniciativa que monitora a gestão municipal, através de pesquisas que avaliam o que as pessoas pensam sobre diversos aspectos da cidade, como saúde, educação, transporte, meio ambiente, entre outros. Além disso, o Rio Como Vamos procura acompanhar os planos de governo e seus indicadores de desempenho.



Campanha de Réveillon 2013

A campanha Réveillon Solidário reverterá toda a Toda a renda obtida com a venda dos cartões da nossa Operação Especial de fim do ano foi revertida para o Instituto Saúde Criança e para a ONG Ressurgir! Agora, esse dinheiro beneficiará o projeto Profissões de Geração de Renda para as famílias (Saúde Criança) e Gastronomia Solidária (Ressurgir). Foram arrecadados R$ 242.050,00: 60% dessa renda irá para o Associação Saúde Criança (R$ 145.230,00) e 40% para a Ressurgir (R$ 96.820,00). Para conhecer mais as duas ONGs, acesse www.saudecrianca.org.br e www.ressurgir.org.br.



1º Encontro de Responsabilidade Social com Fornecedores

Os principais fornecedores do MetrôRio foram convidados para participarem de um encontro que teve como objetivo discutir a responsabilidade social corporativa, visando a mobilização, engajamento e desenvolvimento do grupo nesse tema. No evento, foram apresentadas as diretrizes da empresa, o modelo de gestão e abordados diversos temas, como os indicadores do Instituto Ethos, leis de incentivo fiscal e futuros projetos conjuntos. No próximo semestre, um novo grupo de fornecedores será convidado.



Abrindo Caminhos – Programa MetrôRio de Inclusão e Empregabilidade para Pessoa com Deficiência

O MetrôRio oferece vagas para pessoas com deficiência para a função de Auxiliar de Operação. A iniciativa faz parte do Abrindo Caminhos, Programa MetrôRio de Inclusão e Empregabilidade de Pessoas com Deficiência, feito em parceria com a ONG CVI Rio (Centro de Vida Independente). Os selecionados passam por um amplo treinamento, de quatro horas diárias durante seis meses, em que aprendem operação de caixa e rotinas administrativas, entre outras matérias como inglês e informática. O objetivo da parceria é não só habilitá-los para exercer sua função específica na empresa, mas também capacitá-los para ter empregabilidade no mercado de trabalho. Após um treinamento de 6 meses, além de preparar o grupo para diversas atividades no mercado, mais de 60% são promovidos para diferentes áreas no MetrôRio. Essa iniciativa nos rendeu uma conquista e hoje as pessoas com deficiência representam 5% do nosso atual quadro de funcionários.

Para concorrer a uma vaga, é preciso ter ensino fundamental completo. Os interessados devem inscrever-se no Programa através do site do Metrô, www.metrorio.com.br clicando em trabalhe conosco e a seguir em oportunidades.



Nossa Rio+20

Cerca de 60 lideranças de comunidades localizadas no entorno da linha 2 do MetrôRio e da Linha Amarela estiveram reunidas no dia 29 de maio, na Universidade Estácio, Campus Nova América, para o Workshop Nossa Rio +20. O evento, promovido pelo Instituto Invepar e pelo Cieds (Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável), levou aos líderes uma visão completa do que será a conferência, estimulando e ampliando a participação social nas discussões sobre sustentabilidade. Foram discutidas várias soluções e ideias, que podem ser aplicadas a partir das comunidades e serem estendidas para o âmbito governamental.

As propostas do workshop, que navegam por temas como água e energia, alimentos, e cidade e mobilidade, serão encaminhadas para a discussão na conferência da ONU.



O que nos leva adiante é pensar diferente

Esse é o tema da Campanha da Diversidade que o MetrôRio lançou e que está sendo difundida em todas as empresas do Grupo Invepar.

A campanha começou em 12/08 e conta com várias peças, incluindo a divulgação dos Princípios de Valorização da Diversidade e Direitos Humanos na Intranet.

Dizer não ao preconceito é um grande passo para irmos mais longe.



Oficina de Grafite

Dentro do Festival Copa Graffiti, que vai levar arte para os muros da Linha 2, estão previstas algumas oficinas. No dia 23/08 foi realizada a primeira delas na Escola Municipal Escultor Leão Velloso, em Pavuna, onde 29 crianças foram beneficiadas. O projeto realizará mais 3 oficinas no mês de setembro.



Copa Graffiti - Maior festival de grafite do Brasil

O projeto Copa Graffiti é uma iniciativa do MetrôRio que contemplou os muros das 15 estações da Linha 2 (Pavuna, Engenheiro Rubens Paiva, Acari/Fazenda Botafogo, Coelho Neto, Colégio, Irajá, Vicente de Carvalho, Thomaz Coelho, Engenho da Rainha, Inhaúma, Nova América/Del Castilho, Maria da Graça, Triagem, Maracanã e São Cristóvão) com obras exclusivas feitas pelos grafiteiros mais reconhecidos do país. A escolha do grafite para a intervenção vai no embalo de uma tendência global – a arte urbana é o movimento de arte contemporânea que mais cresce no mundo.

O trabalho de pintura aconteceu entre os dias 21 e 31/10. Cada estação reuniu uma equipe composta por até 20 pessoas, entre grafiteiros, mediador comunitário e universitários. Cada equipe fez um levantamento de histórias do bairro de cada estação, para que o layout grafitado retratasse personagens, locais ou fatos marcantes de cada uma das regiões. O objetivo foi valorizar a memória local e dar visibilidade positiva à cultura presente.

Juntamente com o festival, o MetrôRio também, promoveu ações de segurança em toda a extensão da Linha 2. Instalando concertinas em 22 km ao longo dos muros, o que servirá para coibir as invasões na via. A concessionária também investiu na melhoria da iluminação dos acessos, promovendo o aumento da sensação de segurança dos usuários e população dos bairros.

O Festival Copa Graffiti se despede dos cariocas deixando em cada muro parte da história e personagens que marcaram a Zona Norte, tudo retratado pelos coloridos e irreverentes traços do grafite. Nessa grande empreitada o MetrôRio disponibilizou 5.400 metros de muro, 6.000 litros de tinta e contou com a participação de 300 artistas.

Todos os painéis foram finalizados com sucesso eavaliados por um júri técnico especializado.E no dia 12 de novembro, durante o evento Copa Graffiti Celebra, foi anunciada a grande vencedora do projeto: a equipe da Estação de Thomaz Coelho, liderada pelo grafiteiro Carlos Acme. A pintura retratou uma locomotiva, cujo maquinista é a personalidade que dá nome ao bairro.

"Transformamos os muros de nossas estações, em torno da Zona Norte, em uma verdadeira galeria a céu aberto. Nossa intenção era deixar um legado para a cidade, e conseguimos fazer isso de uma forma socialmente responsável. Foi muito emocionante ver a disputa desses jovens, que usaram a sua arte para buscar o melhor resultado possível. Na realidade, todos nós, moradores do Rio de Janeiro, fomos os grandes vencedores da Copa Graffiti", disse o presidente do MetrôRio, Flávio Almada.



MetrôRio firma compromisso de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

O MetrôRio acaba de firmar oficialmente o compromisso de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A iniciativa une o poder público, o setor empresarial e a sociedade civil com um único objetivo: encarar de frente o fantasma da violência sexual de crianças e jovens no país.

Infelizmente, a exploração sexual de crianças e adolescentes ainda acontece nas ruas em todo o mundo. O Brasil tem adotado medidas de grande importância para diminuir esse problema, mas a participação de toda a sociedade é fundamental para que sejam alcançadas conquistas ainda maiores.

Em 2008, o país sediou o III Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, na cidade do Rio de Janeiro, o maior evento já realizado no mundo sobre o tema, superando os dois primeiros (Japão e Suécia), obtendo a participação de 3.515 pessoas de 160 países.

Os documentos resultantes – Declaração do Rio de Janeiro e Chamada para Ação – foram adotados pelos países participantes e trazem, com ênfase, a necessidade de intensificação das ações de responsabilidade social nesta área, de integração do setor privado como ação estruturante no processo de redução dos índices de exploração sexual de crianças e adolescentes no mundo.

Faça a sua parte: para fazer uma denúncia, ligue para o Disque Direitos Humanos – o número é 100. Saiba mais sobre a campanha conferindo a cartilha educativa de prevenção aqui, e visitando os endereços a seguir:

* Empresas Contra a Exploração

* Turminha do MPF: assunto de gente grande para gente pequena

* Comitê Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes

* Direitos Humanos.gov.br

* Terra dos Homens

* Observatório Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente



Edital de Seleção para Projetos Socioambientais do Instituto Invepar

O Instituto Invepar e as empresas do Grupo Invepar - Linha Amarela S/A - LAMSA (RJ), Concessionária Litoral Norte - CLN (BA), MetrôRio (RJ), Concessionária Auto Raposo Tavares - CART (SP) e Concessionária Bahia Norte - CBN (BA) lançaram o primeiro Edital com novas diretrizes para seleção de projetos socioambientais. Os investimentos irão contribuir para promoção do desenvolvimento socioambiental e econômico dos municípios localizados no entorno das rodovias, da via expressa e das estações do MetrôRio, prioritariamente, nas regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).



MetrôRio na Trilha das Profissões

Promover o desenvolvimento dos estudantes e mostrar as oportunidades adquiridas por meio do ensino é o objetivo da Trilha das profissões. O evento é mais uma parceria do MetrôRio com o projeto Bairro Educador e contou com a participação de 120 alunos do ensino fundamental da Escola Municipal Alberto José Sampaio, na Pavuna. As palestras foram ministradas por seis profissionais do MetrôRio das áreas da Escola de Transporte, Serviço ao Cliente e Tráfego Operacional, que contaram um pouco sobre suas carreiras, histórias de vida e oportunidades dentro da empresa.

Devido ao êxito da primeira edição o MetrôRio foi convidado novamente para participar da Trilha das Profissões que aconteceu no dia 07/11, na Escola Marechal Estevão Leitão de Carvalho, no Engenho da Rainha.

O MetrôRio agradece aoscolaboradores que voluntariamente doaram seu tempo para participarem do projeto.



8ª edição da Campanha Nacional de Carnaval pelo Fim da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes

A Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, vinculada à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), deu início a 8ª edição da Campanha Nacional de Carnaval pelo Fim da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, que integra a Campanha Nacional pelos Direitos da Criança e do Adolescente, como forma de conscientizar a sociedade sobre a incidência dessa prática em todo o país.

Neste ano, em virtude da necessidade de uma estratégia mais abrangente de comunicação para a proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes, a mobilização de carnaval segue a linha da Campanha Nacional pelos Direitos da Criança e do Adolescente, que a partir de agora e ao longo dos próximos meses, abordará diversos temas relativos aos direitos fundamentais de meninas e meninos, focando na necessidade de proteção, uma prioridade absoluta e compartilhada entre a família, o Estado e a sociedade, conforme determina a Constituição Federal de 1988.

Faça a sua parte. Fique atento aos direitos das nossas crianças e adolescentes e, em caso de violações, não desvie o olhar. Fique atento. Denuncie. PROTEJA. Divulgue esta campanha, procure o Conselho Tutelar ou Disque 100. Proteger nossas meninas e meninos de todas as formas de violência é uma responsabilidade de todos!

Confira aqui a cartilha.



Projeto Several Players – One Gol exibiu na ONU grafitagem de futebol na estação Maracanã

O muro da estação Maracanã do MetrôRio está de cara nova. Um grande painel foi grafitado no dia 11/06 pelo artista plástico Toz, como parte da Missão Permanente do Brasil junto à Organização das Nações Unidas e demais Organismos Internacionais em Genebra.

O trabalho intulado Several Players – One Gol teve como tema o futebol e contou com a participação de jovens do instituto Bola Pra Frente, do tetracampeão Jorginho.

O painel foi fotografado e se transformou numa plotagem, no tamanho real - 19m de comprimento e 2m de altura, que foi inaugurado dia 4 de junho no espaço de convivência – o Café Serpentine - do prédio-sede da ONU em Genebra, na Suíça, ponto de encontro dos visitantes da instituição. A mostra contou também com painéis fotográficos e de textos, assim como o videodocumentário mostrando as etapas da realização do projeto.



MetrôRio por um Rio sem homofobia

O MetrôRio fechou parceria de cooperação técnica com o Programa Estadual Rio Sem Homofobia, da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos. Através dessa iniciativa, nossa empresa irá atuar estrategicamente na capacitação dos colaboradores que atuam no atendimento ao público e também na realização de campanhas educativas de combate ao preconceito e respeito à diversidade.



O MetrôRio realiza a Campanha do Agasalho 2013

Faça a sua doação em um dos locais participantes.

O MetrôRio realiza entre os dias 22 de junho e 22 de julho a Campanha Inverno Quente 2013. A ação tem o objetivo de arrecadar agasalhos, cobertores e roupas de frio para doar a moradores de comunidades de baixa renda e para as vítimas das chuvas.

As caixas coletoras estão instaladas nas estações Siqueira Campos, Glória, Cinelândia, Carioca, Central, Saens Pena, Nova América/Del Castilho, Pavuna, CA e CM.



Projeto Educ'Amor

Quando o negócio é levar Educação em Valores Humanos para as Crianças, a palavra chave é parceria! Foi por isso que a Editora Biancovilli, o Grupo Semeação, a ONG CHEIFA e o MetrôRio se uniram para criar o Projeto Educ'Amor, que consiste em levar oficinas criativas para as Escolas Municipais do Rio de Janeiro.

O projeto piloto iniciou no mês de julho de 2013, e irá atender a um grupo de Crianças no CIEP Adão Pereira Nunes, Escola Municipal localizada no bairro de Irajá, zona norte do Rio de Janeiro.

Uma das oficinas do projeto Educ'Amor será de contação de histórias. Um dos títulos utilizados no projeto será o "A Borboleta e o Caçador", que foi o primeiro título da Editora Biancovilli. Este livro trabalha os Valores Humanos da compaixão, do respeito e do amor, em uma história cheia de interatividades, música e até um minigame.

“O Projeto Educ'Amor tem como objetivo disseminar os valores humanos nas escolas municipais do Rio de Janeiro. Partimos do pressuposto de que uma educação verdadeira deve ser realizada de forma dinâmica, contextualizada, com afeto e respeito à realidade de cada um. Pretendemos, ao final do projeto, que os alunos tenham incorporado os valores humanos em suas práticas cotidianas, influenciando seus relacionamentos sociais e familiares, além de um aumento do bem-estar.” - Caio do Grupo Semeação



Campo, MetrôRio e Instituto Invepar lançam em parceria o projeto Irrigar Saberes Sociais – Por Uma Cidadania Participativa

Iniciativa do Centro de Assessoria ao Movimento Popular – CAMPO selecionada no I Edital de Seleção de Projetos 2013 do Instituto Invepar, o Projeto Irrigar Saberes Sociais – Por uma Cidadania Participativa foi lançado durante o Seminário “Gestão Social e Empreendedorismo Social”, no dia 17 de setembro, no auditório da sede do MetrôRio (Av. Presidente Vargas, 2000, Centro).

O projeto visa, através da capacitação de moradores e lideranças comunitárias em Gestão Social com ênfase no Empreendedorismo Social, despertar a sua atuação na gestão de políticas, programas e projetos sociais junto às organizações governamentais, empresariais e da sociedade civil, buscando sempre o desenvolvimento das comunidades.

Com duração de 10 meses, o projeto oferece um curso composto por oito oficinas, de oito horas cada, com a proposta de qualificar cerca de 100 pessoas de comunidades de 15 bairros da Zona Norte da cidade, atendidos pela Linha 2 do MetrôRio.

O objetivo, ao final do curso ministrado por profissionais com uma visão holística do conhecimento, é que os alunos possam reconhecer as diferentes características das esferas e organizações do estado, mercado e sociedade civil, fundamentando e desenvolvendo práticas de trabalho no campo social, entendendo e disseminando o empreendedorismo social, participando também das instâncias de controle social do município, além de aprender a captar recursos - seja do setor privado ou público - para aplicação no desenvolvimento comunitário.

Todas as oficinas serão gratuitas, incluindo material didático e realizadas na Sala de Treinamento do Mezanino, na Estação Estácio do MetrôRio, sempre no turno da tarde.



Responsabilidade Socioambiental em foco

No dia 18/10, convidamos os principais fornecedores para discutirmos assuntos relacionados à responsabilidade social. Na ocasião, reforçamos o comprometimento de todos na adoção de práticas socioambientais que gerem impacto positivo em toda a sociedade, tais como: propagação e conscientização de novos valores ligados à responsabilidade socioambiental e preservação dos recursos ambientais e culturais da população. Assim, estabelecemos metas para o desenvolvimento sustentável, promovendo a diminuição das desigualdades sociais.



Empresa moderna e sustentável começa fazendo o dever de casa

Ao mesmo tempo em que se esforça pela excelência operacional, MetrôRio busca o aprimoramento como empresa socialmente responsável

A natureza do serviço prestado pelo MetrôRio por si só é comprometida com a sociedade. Pelos seus trilhos, corre o cotidiano de 690 mil pessoas diariamente. Por isso, ao mesmo tempo em que investimentos e projetos buscam levar a empresa à excelência operacional, a Concessionária tem focado em questões socioambientais. Baseando-se no tripé Ambiental/Econômico/ Social, a empresa associa, a cada nova tecnologia, novas formas de mostrar esse lado sustentável e inclusivo.

Uma prova disso é que, dos sistemas de metrô no mundo instalados há mais de dez anos, o modal do Rio é o mais acessível: ao mesmo tempo em que as estações mais novas foram surgindo com o aparato que se exige atualmente, a empresa foi adaptando as estações de seu início de existência (1979). São 97% de operacionalidade, num total de 234 equipamentos de mobilidade e acessibilidade. Foram investidos 21 milhões, desde julho de 2009, para se implantar um grande programa de adaptação de suas 35 estações ao padrão mais moderno: instalação de plataformas inclinadas; plataformas verticais e elevadores, entre outros.

Clique aqui, para ler o texto na íntegra.



Instituto Invepar prorroga inscrições para o II Edital de Seleção de Projetos Socioambientais

O Instituto Invepar e as empresas do grupo Invepar - Linha Amarela S/A - LAMSA (RJ), Concessionária Litoral Norte - CLN (BA), Concessionária Auto Raposo Tavares - CART (SP), MetrôRio (RJ) e Concessionária Bahia Norte (BA) – prorrogaram às inscrições da segunda edição do Edital de Seleção de Projetos Socioambientais. Os interessados em participar do processo deverão fazer a inscrição gratuita no site da companhia - www.invepar.com.br – até o dia 15 de janeiro de 2014 (confira aqui o Guia de Cadastro de Projeto).

Os investimentos contribuirão para promoção do desenvolvimento socioambiental e econômico dos entornos das rodovias, da via expressa e das estações do MetrôRio, prioritariamente nas regiões de vulnerabilidade social, possibilitando a sinergia entre os resultados das ações de responsabilidade social e a presença das empresas nas regiões de forma mais eficiente. Os principais objetivos são o apoio a projetos que valorizem a cultura local; estimulem o empreendedorismo e iniciativas comunitárias e empreendimentos no marco da economia solidária; promovam o aumento das condições de empregabilidade e que apresentem mecanismos para assegurar a sustentabilidade dos resultados alcançados.

“O papel do Instituto junto às empresas é ser um indutor da gestão sob os princípios da Responsabilidade Social Corporativa e do Investimento Social estratégico, ou seja, aquele que vai fazer realmente diferença para a comunidade e que tenhamos, além do repasse de recursos, interação e colaboração plena.” Claudia Jeunon, Diretora Executiva do Instituto Invepar.

Serão analisadas as propostas de atuação nas áreas da Educação, do Meio Ambiente, da Cultura e do Esporte. Os projetos de Educação deverão ser relacionados aos temas: trânsito, segurança e preservação da vida, formação empreendedora, desenvolvimento profissional, gestão de empreendimentos comunitários/associativismo e formação para economia solidária. Na área de Meio Ambiente serão selecionados projetos de educação ambiental/iniciativas produtivas, coleta seletiva, reciclagem, reflorestamento e conservação da fauna e flora.

Na Cultura e no Esporte, a seleção priorizará projetos aprovados ou em análise pelas Leis de Incentivo Municipais e Federais, buscando, respectivamente, atividades sociocultural e socioesportiva de base educacional e participação e lazer. Além dessas características, as propostas deverão ter o empreendedorismo e apoio à gestão pública como temas transversais.

O edital estabelece também que estão aptas a apresentar propostas apenas pessoas jurídicas, que sejam organizações sem fins lucrativos (associações, fundações ou cooperativas), que atuam ou desejam atuar no entorno das empresas do grupo Invepar e estejam regularmente constituídas e legalizadas há pelo menos um ano, a contar da data de sua inscrição. Em se tratando de projeto cultural incentivado, o proponente poderá ser também, pessoa jurídica, com fins lucrativos, desde que atenda aos requisitos da respectiva Lei de Incentivo à Cultura na qual o projeto esteja enquadrado.

Os projetos apresentados deverão ser realizados nos seguintes municípios do entorno das empresas do grupo Invepar:

- CART - Municípios: Alvares Machado, Anhumas, Assis, Bauru, Cabrália Paulista, Caiuá, Cândido Mota, Espírito Santo Do Turvo, Ibirarema, Maracaí, Martinópolis, Ourinhos, Palmital, Paraguaçu Paulista, Paulistânia, Piquerobi, Piratininga, Platina, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Rancharia, Regente Feijó, Salto Grande, Santa Cruz Do Rio Pardo e Santo Anastácio.

- CBN - Municípios de Salvador (Cassange, Bosque das Bromélias, Nova Esperança, Jardim Campo Verde), Camaçari (Parafuso, Loteamento Santo Antônio, Jardim Limoeiro), Simões Filho (Oiteiro, Santa Rosa, Convel, Terra Mirim, Dandá, Palmares, Fazenda Baixão, Pitanga de Palmares), Dias D'Ávila (Jardim Futurama, Leandrinho, Imbassahy, Concórdia, Entroncamento), Mata de São João (Pitanga, Caboré, Camboatá e Mangues, Alto da Bela Vista (Sobe Desce), Monte Líbano, Pau D'arco), Pojuca (Los Angeles, Star), Candeias (Menino Jesus, Caboto, Fazenda Madeira, Pasto de Fora) e Lauro de Freitas (Capelão, Areia Branca, Jambeiro, Capiarara).

- CLN - Municípios de Camaçari, Mata de São João, Entre Rios, Esplanada, Conde, Jandaíra.

- LAMSA - Município do Rio de Janeiro - bairros da Maré (Vila do João, Conjunto Pinheiro, Vila Pinheiro, Timbau, Conjunto Bento Ribeiro Dantas, Parque Ecológico, Baixa do Sapateiro, Nova Holanda, Parque Rubens Vaz, Parque União, Nova Maré, Conjunto Esperança, Parque Maré), Caju (Parque Alegria e Parque Boa Esperança), Bonsucesso (Vila São Pedro, Agrícola de Higienópolis), Del Castilho (Águia de Ouro, Inhaúma, Fernão Cardim, Gretisa, Pilares, IAPI de Del Castilho), Jacarepaguá (Cidade de Deus - Quintanilha, Karatê, Apartamentos, Rocinha 2), Água Santa (Morro da Família).

- METRÔRIO - Município do Rio de Janeiro - bairros: Pavuna, Eng. Rubens Paiva, Acari Fazenda Botafogo, Coelho Neto, Colégio, Irajá, Vicente de Carvalho, Thomaz Coelho, Engenho da Rainha, Inhaúma, Nova América/ Del Castilho, Maria da Graça, Triagem, Maracanã e São Cristóvão.



Sucesso na ponta dos pés

No dia 10/12/13, no Teatro Carlos Gomes, aconteceu o espetáculo de encerramento do projeto de Ballet do Centro Popular de Ópera Acari. Com privilegiada presença de Ana Botafogo, famosa bailarina brasileira, 160 bailarinos apresentaram a peça de balé Lágrimas de Poranga – A lenda



Só alegria na Campanha Natal Solidário

No último dia 13/12, na Estação Triagem, o MetrôRio realizou a festa de entrega dos presentes para as 40 crianças da Creche Vila Triagem. Graças aos nossos colaboradores, além dos presentes, conseguimos oferecer carinho e atenção para meninos e meninas. As crianças contaram com um dia de festa com muita animação, trenzinho de lanche e, claro, o Papai Noel, que representou todos os Papais Noéis do MetrôRio.



9ª edição da Campanha Nacional de Carnaval pelo Fim da Violência Sexual contra Crianças e Adolescente

A Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, vinculada à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), deu início a 9ª edição da Campanha Nacional de Carnaval pelo Fim da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, que integra a Campanha Nacional pelos Direitos da Criança e do Adolescente, como forma de conscientizar a sociedade sobre a incidência dessa prática em todo o país.

Neste ano, em virtude da necessidade de uma estratégia mais abrangente de comunicação para a proteção e defesa dos direitos de crianças e adolescentes, a mobilização de carnaval segue a linha da Campanha Nacional pelos Direitos da Criança e do Adolescente, que a partir de agora e ao longo dos próximos meses, abordará diversos temas relativos aos direitos fundamentais de meninas e meninos, focando na necessidade de proteção, uma prioridade absoluta e compartilhada entre a família, o Estado e a sociedade, conforme determina a Constituição Federal de 1988.

Faça a sua parte. Fique atento aos direitos das nossas crianças e adolescentes e, em caso de violações, não desvie o olhar. Fique atento. Denuncie. PROTEJA. Divulgue esta campanha, procure o Conselho Tutelar ou Disque 100. Proteger nossas meninas e meninos de todas as formas de violência é uma responsabilidade de todos!