×

O que você procura?

O MetrôRio conta com um mundo de serviços e facilidades

ou
Filtre por uma ou mais facilidades nas Estações
  • Bicicletário
  • Acessibilidade
  • Linha do Cliente
  • Máquinas de ATM

História

Como tudo começou

Quando foi inaugurado, em março de 1979, o Metrô do Rio de Janeiro contava com 4,3 quilômetros de trilhos ligando cinco pontos próximos da cidade. Nos primeiros dez dias de operação, seus trens transportaram mais de meio milhão de pessoas, numa média diária de 60 mil clientes.

Entre as estações pioneiras, o maior movimento da operação foi na Cinelândia, que, com mais de um terço do total de passageiros, dividia então o fluxo com Praça Onze, Central, Presidente Vargas e Glória. Naquele primeiro momento do sistema, o Metrô operava com apenas quatro trens de quatro carros que circulavam com intervalos médios de oito minutos entre 9h e 15h, horário que foi esticado até as 23h em dezembro do mesmo ano.​

A primeira expansão

A expansão veio rápido. Já no ano seguinte, as Estações Uruguaiana e Estácio foram inauguradas. Com o surgimento destas duas estações, a demanda de passageiros foi incrementada, o que obrigou a empresa a aumentar o número de carros nos trens de quatro para seis.

Em janeiro de 1981, foi a vez de a Estação Carioca ser concluída. No mesmo ano foram inauguradas também as Estações Catete, Morro Azul - hoje, Flamengo - e Botafogo / Coca-Cola. Ainda em novembro do mesmo ano foi inaugurada a Linha 2, que contava apenas com as Estações São Cristóvão e Maracanã. Em dezembro, completando o trecho Sul da Linha 1, foi a vez da Estação Largo do Machado entrar no mapa.

Novas inaugurações no trecho Norte chegaram em 1982, com o início das operações das Estações de Afonso Pena, São Francisco Xavier e Saens Peña. A fim de permitir a conclusão da Linha 2 até Irajá, em 1983, os trens deste trecho passaram a circular das 6h às 14h.

Durante um mês, depois deste horário até as 20h, foi implantado um serviço gratuito de ônibus, integrando as Estações Estácio, São Cristóvão e Maracanã. Após a conclusão das obras, foram inauguradas as Estações Maria da Graça, Del Castilho, Inhaúma e Irajá que, visando antecipar a disponibilidade do serviço, funcionavam ainda sem todas as funcionalidades do Metrô (Pré-Metrô).

O ano de 1984 foi marcado pelo início da operação comercial da Linha 2 com cinco trens nos dias úteis, em intervalos de menos de seis minutos durante a semana. Seguindo o cronograma de expansão, a Estação Triagem foi inaugurada em julho de 1988. Noventa e um foi o ano da Estação Engenho Rainha. De lá até 1996, duas estações entraram no circuito: Thomaz Coelho (1996) e Vicente de Carvalho. Neste período, o intervalo das nove composições da Linha 2 passou a ser de seis minutos.